Carlos Alberto Júlio é é o Head de Estratégia e Inovação do Locomotiva Instituto de Pesquisa, Conselheiro Profissional independente em empresas como Camil Alimentos, Aramis, Par Corretora e GSA Alimentos e CI-Central Intercâmbio. É também Coach profissional de vários Presidentes de Empresas e Facilitador Certificado do YPO-WPO. Foi Presidente de empresas como a Tecnisa, HSM e Polaroid do Brasil. Professor na ESPM, FGV e FIA/USP, é autor na área de negócios com 8 livros publicados no Brasil e exterior. Administrador de Empresas, estudou nas renomadas Harvard Business School, London Business School e no IMD de Lausanne-Suiça. É colunista da rádio CBN e sua coluna Gestão Descomplicada vai ao ar nacionalmente de segunda à sexta-feira às 17:25.
Contrate uma palestra
Entre em contato
Executivo | Professor | Colunista | Autor
Matérias publicadas | Menções na Mídia

Artigos

Como gerir o altruísmo sem jogar dinheiro fora?

Nas duas primeiras semanas de outubro, nossa newsletter tratou de questões ligadas à gestão da responsabilidade em um mundo de contrastes econômicos e degradação ambiental. O interesse era derrubar alguns mitos associados às virtudes da caridade e da filantropia. Afinal, nem sempre o bom coração produz boas obras. Neste último artigo da trilogia, vamos explorar […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Que diferença faz o “impact investing”?

Conforme prometido, retomamos o tema abordado na newsletter da semana passada, desta vez tratando especificamente do impact investing. O conceito é simples. São investimentos planejados que mobilizam companhias, organizações e fundos na geração de benefícios sociais e ambientais, alinhados com a busca de retorno financeiro. Quer um exemplo? A d.light é uma empresa de São […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Que felicidade o dinheiro pode trazer?

Está nos portais noticiosos novamente. O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, e sua esposa, Priscilla Chan, venderão milhões de ações da empresa nos próximos meses, o que pode lhes render até US$ 12 bilhões. O objetivo, no entanto, não é comprar uma ilha paradisíaca, construir novas instalações para a corporação ou modernizar os equipamentos de […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Qual perigo nos reserva o avanço tecnológico?

Quanto mais se aprofunda o debate, mais ele se torna complexo. É o que ocorre com as questões mais importantes da religião, da política e, certamente, da ciência aplicada à tecnologia. No início do Século 19, um grupo de trabalhadores ingleses reagiu violentamente à mecanização do trabalho, uma das bases da Revolução Industrial. Os chamados […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Como sobreviver à epidemia de improbidade?

Você dorme tarde, acorda cedo, consome o feriado diante do computador, rala, inventa, testa, produz, distribui, vende e, no fim, o resultado parece não premiar o esforço. Vem então aquela sensação de frustração. Onde foi parar o benefício que deveria ser gerado por tanto empenho? Quem auferiu o lucro que deveria estar aqui? No Brasil, […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Como inspirar pessoas em tempos de crise?

Grandes conquistas raramente são resultado de esforço solitário. O corajoso rei Leônidas, no embate das Termópilas; o ousado Almirante Nelson, na Batalha de Trafalgar; o explorador Shackleton, na Antártica; e o consciencioso comandante Jim Lovell, da Apolo 13, inspiraram seus liderados e somaram talentos para realizar suas façanhas. É interessante notar que os mais interessantes […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Acontece somente na Avenida Paulista?

Na semana passada, a violência contra a mulher foi o tema mais discutido nas redes sociais, e também nas mesas de jantar, nos círculos acadêmicos, nos encontros empresariais, nos bares e nas construções. O vivo debate teve início depois que uma mulher sofreu uma agressão de cunho sexual em um ônibus que trafegava na Avenida […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Compartilhar lucros realmente ajuda?

A resposta é: sim, mas depende… Pelo menos, na opinião de dois prestigiados especialistas, que escreveram sobre o tema na Harvard Business Review, em dezembro último. Um deles é Alex Bryson, professor da University College London. O outro é Richard Freeman, da Harvard University. Baseados em diversos estudos, eles enxergaram uma relação positiva entre os […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Por que prestar atenção à “longeratividade”?

Pronto, este é o termo: “longeratividade”! Foi criado pelo Instituto Locomotiva para designar o destino de uma geração que recebeu o benefício de aliar a longevidade à atividade. Se considerarmos a história da humanidade, é recente a vida longa. Na Europa, por exemplo, em 1800, a expectativa de vida era de 33 anos. Em 1870, […]

Continue lendo...

Compartilhe!

O outro: por que ele é importante às organizações?

Chefe de comunicação do Alto Comissariado para os Refugiados da Organização das Nações Unidas, Melissa Fleming tem acompanhado incríveis jornadas de pessoas que escaparam da fome, da opressão política e da guerra. Ela costuma contar a saga de Jacob Atem, um menino sudanês que, aos sete anos de idade, testemunhou a destruição de sua vila […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Como renascer das cinzas?

Nesta segunda-feira, no Camp Nou, o mundo assistiu ao jogo que valeu o troféu Joan Gamper, entre o Barcelona e a Chapecoense. Ao final, vitória catalã por 5 a 0, com ótimas atuações de Messi e Suárez. O resultado, no entanto, é o que menos vale neste capítulo da história do esporte. Em novembro do […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Negociando imóveis: qual o segredo?

Não tenha dúvida! Esta é a compra que as pessoas mais valorizam. Pois a casa exprime no mundo tangível a realização do sonho humano. Ela acomoda, protege, gera segurança, é o espaço do necessário repouso e da construção da vida familiar. Um vestido que não cai bem pode ser abandonado no guarda-roupa ou doado para […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Por que celebrar também os fracassos?

Na semana passada, lembrando a experiência de meu pai, mostrei como é importante celebrar os bons resultados de um empreendimento. Neste artigo, quero explicar por qual motivo a boa psicologia ordena que também festejemos os maus resultados. Como?! É isso mesmo! Os fracassos servem como excelentes mestres. Se devidamente valorizados, registram indelevelmente na memória o […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Por que é importante celebrar os bons resultados?

Está na história humana. Celebrar foi sempre importante para quem vencia uma guerra, fazia uma bela colheita ou realizava uma lucrativa negociação comercial. Porque celebrar define ritualmente que o objetivo foi alcançado. Registra na memória coletiva o caminho do acerto e a fórmula para superar as pedras no meio do caminho. Aprendi sobre esse fenômeno […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Para que serve a degustação?

Você percorre os corredores a fim de efetuar suas compras do mês, e lá vem o moço de aventalzinho oferecer-lhe um cubinho do novo queijo à venda nas gôndolas do supermercado. Pronto, é a famosa ferramenta de marketing denominada degustação. Trata-se de criar uma experiência positiva com o produto ou serviço, bem como gerar uma […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Para superar desafios: calma ou animação?

Se o país vive uma crise, é certo que sobra ansiedade entre as figuras públicas, entre os empreendedores, entre os profissionais. Quando o desafio é o cumprimento de uma missão decisiva, obviamente, multiplica-se o desconforto. Esse é um dos motivos pelos quais vemos parlamentares empacarem no discurso e tantos talentos corporativos se atrapalharem na hora […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Pesquisas: afinal, para que servem?

Na newsletter da semana passada, completei meu comentário sobre o estudo do Instituto Locomotiva sobre a desconexão entre a propaganda brasileira e parcela significativa do público-alvo. O escrito rendeu valiosas discussões, sobre o tema em foco e também sobre a importância do trabalho de pesquisa na definição de estratégias para as empresas privadas e instituições […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Como melhorar a comunicação com seu público?

Na newsletter da semana passada, tratei da recente pesquisa do Instituto Locomotiva sobre a flagrante desconexão entre a propaganda e significativas parcelas do público-alvo. Só para relembrar: os depoimentos de 3 mil pessoas, coletados entre fevereiro e abril, revelam que 67% dos consumidores do país não sentem representados nos comerciais de TV. Mas qual a […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Você sabe com quem está falando?

Opa! A frase do título não tem relação com o infame hábito da carteirada, tão comum em nosso país. Nesta newsletter, quero tratar da relação entre quem emite e quem recebe a mensagem na publicidade brasileira. Entre fevereiro e abril, o Instituto Locomotiva entrevistou 3 mil pessoas e obteve um dado preocupante, inclusive divulgado no final […]

Continue lendo...

Compartilhe!

Bota-se o time inteiro no ataque? Ou não?

Na newletter da semana passada, tratamos de algumas características marcantes dos profissionais originais, aqueles que mudam empresas, revolucionam mercados e transformam o mundo. Tomando como base os estudos compilados no livro Originais pelo psicólogo organizacional Adam Grant, analisamos perfis, atitudes e condutas daqueles que quebram padrões na busca de soluções. Há, no entanto, uma crença […]

Continue lendo...

Compartilhe!
« Entradas mais antigas